NOTÍCIAS

Estréia em São Paulo o Mondial de la Bière

20/05/2018 Fonte: Infood

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

Começa hoje a primeira edição em terras paulistanas do Mondial de la Bière, um evento que já faz parte do calendário oficial de eventos da cidade do Rio de Janeiro. Os cariocas já se acostumaram com essa maratona etílica, onde, munido com o copo do evento, você pode caminhar no vasto universo cervejeiro. Cervejarias pequenas e grandes convivem no mesmo espaço.

O Mondial é um evento em que os beer hunters, os cervejeiros de primeira viagem, e os donos de estabelecimentos andam em busca da melhor cerveja. Mas, o que é a melhor cerveja? A melhor é aquela cerveja que gostamos, independente de estilo ou escola cervejeira. Se é a cerveja que você gosta, está é a melhor.

Dicas para aproveitar o evento
Contudo, acho que vale umas dicas de um amante de cervejas de plantão e um participante de todas as edições do Mondial no Rio de Janeiro. A primeira dica é: use roupas leves. A segunda é: hidrate-se. Beba bastante água, pois isto será fundamental para prolongar a maratona. A terceira dica é: não se esqueça da alimentação, pois saco vazio não para em pé e, na hora de escolher o que comer, nada melhor que pensar numa cerveja para harmonizar e ampliar experiência gastronômica.

Dicas de degustação
Mas agora vamos às dicas do que degustar. Como o evento é paulistano, há o reflexo das cervejarias paulistas como maioria, ou seja, uma excelente oportunidade de provar e conhecer melhor o universo cervejeiro que está ao seu lado e será mais fácil de reencontrar numa próxima aventuras a bares.

Em contrapartida, sempre recomendo começar pelas cervejarias de fora do evento, pois este é o momento de provar aquela cerveja que você leu ou já ouviu muito falar.

Neste contexto recomendo ir a curitibana Bodebrown do simpaticíssimo Samuel Cavalcanti, as mineiras Antuérpia e Krug (a cervejaria Antuérpia é da cidade de Juiz de Fora, além de fazer suas próprias cervejas, é a casa de várias ciganas cariocas como, Motin, Ocus Pocus, Green Lab, entre outras e do Rio de Janeiro) a cervejaria 4 Estações, uma cervejaria cigana com cervejas sempre interessantes, e a cervejaria Ethos, também cigana, tendo sua produção no coração da cidade maravilhosa.

Cervejarias Paulistas
Mas, e as cervejarias paulistas, nenhuma dica? Claro que sim. A cervejaria Colorado sempre leva nestes eventos cervejas feitas exclusivas e em quantidade limitada -quem for nos primeiros dias vai se dar bem-, a cervejaria Dogma que vem ganhando espaço no mercado nacional com suas criações lupuladas, e não podia terminar sem a cervejaria Dádiva, com cervejas sempre incríveis não sei se estará disponível no evento mas se estiver, recomendo provar as cervejas da série Odonata. São três cervejas envelhecidas em barris: Rum, Cachaça Single Malt Scotch.

É claro que não dá para falar aqui de todas as cervejarias participantes, afinal, são mais de 50 cervejarias. Mas recomendo a todos irem de mente aberta para provar e degustar coisas novas. Sem dúvida, você achará algo novo neste universo. Recomendo muito provar as cervejas envelhecidas em barril, por sempre trazererem características muito interessantes e as Sours, pois têm no aspecto acidez a sua marca.

Sendo assim, cervejeiros, aguardo todos no Mondial de la Bière em São Paulo, cheios de disposição e, principalmente. sede. Eu estarei presente. Não tinha como ficar de fora desta festa.

Mondial de la Bière São Paulo Data: 17 a 20 de maio 2018

Local: São Paulo Expo Pavilhão 8 + área externa (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 Vila Água Funda São Paulo/SP) Horário: Quinta (17) e sexta (18) das 17h à 1h; sábado (19) das 14h à 1h e domingo (20) das 14h às 20h.

Ingressos: Entrada Cervejeiro Solidário R$ 66,00; Meia entrada por lei R$ 60,00 Passaportes (pacote de ingressos para os 4 dias): Entrada Cervejeiro Solidário R$ 200,00; Meia entrada legal R$ 180,00

Brinde da Coluna

Estilo: Dopelbock

Cervejaria: Ayinger Brewery

Origem: Alemanha

Volume: 330 ml

Teor Alcoólico : 6,7%

Um cerveja escura, com ótima formação de espuma e notas torradas remetendo baunilha e toffe caramelo. Na boca um dulçor médio equilibrado com amargor da torra do malte. Uma cerveja emcorpada e aveludada. Harmoniza perfeitamente com um bom hambúrguer ou com uma torta de nozes.

Saúde, Cheers Prost !!!

Leia também

USE AS TAGS #MONDIALDELABIÈRESP E #MONDIALDELABIÈRESPEUVOU E COMPARTILHE SEU AMOR POR CERVEJAS ARTESANAIS.

Informaçõe:
+55 11 4949-2032
Endereço:
Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5
Água Funda - São Paulo – SP