NOTÍCIAS

As cervejas premiadas no Mondial de La Bière São Paulo

05/06/2019 Fonte: Beer Art

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

O Mondial de La Bière revelou na noite desta quinta-feira, 30 de maio, as cervejas premiadas da edição paulistana de 2019 do festival, que estreou em 2018. O festival vai até 2 de junho (30 e 31 de maio das 17h à 0h, 1º de junho das 14h à 0h e 2 de junho das 14h às 22h), na Arca (Avenida Manuel Bandeira, 360 – Vila Leopoldina).

A grande vencedora deste ano foi a mineira Antuérpia, com a Nikita Cherry Hickey, que repetiu o feito da edição carioca de 2018, com a medalha de platina, além de conquistar uma medalha de ouro. Destaque também para a paulista Pratinha, que ganhou 3 medalhas de ouro. Confira mais abaixo a lista completa de medalhas:

Foram inscritos 131 rótulos no concurso Mbeer Contest Brazil. Um júri composto por profissionais nacionais e internacionais premiaram os rótulos nas categorias ouro e platina. Sem estilos pré-definidos, os juízes fizeram provas às cegas, sem qualquer informação sobre os produtos. A cerimônia foi conduzida por Jeannine Marois, idealizadora e presidente do Mondial de la Bière internacional, e por Luana Cloper, diretora de negócios da GL Events.

AS PREMIADAS EM 2019

Medalha de platina:

Antuérpia, com a Nikita Cherry Hickey

Medalhas de ouro:

Ampolis, com a Ditriguis

Antuérpia, com a Rock me Baby

Cerveja Blumenau (Meara), com a Macuca

Croma Beer, com a Red Strike

Dádiva, com a Point of View

Mea Culpa, com a Ira

Pratinha, com a Culotte de la Duchesse

Pratinha, com a Darkmoon

Pratinha com a Tonka e o Bravo Cevejeiro

Unicorn, com a Unicorn Neipa

O JÚRI

Seis jurados avaliaram as características individuais de cada rótulo:

Gustavo Renha, sommelier de cervejas;

Leonardo Sewald, mestre-cervejeiro e sócio fundador da Cervejaria Seasons;

Randy Mosher, cervejeiro, designer e autor;

Taiga Cazarine, jornalista, sommelier e juíza internacional de cervejas;

David Michelsohn, desenhista industrial, jornalista e criador da Cerveja Júpiter ; Jayro Neto, sommelier de cerveja e mestre em estilos.

NOVIDADES NO FESTIVAL

O uso da tecnologia no universo cervejeiro chamou a atenção dos visitantes que passaram pelo espaço Arca, na Vila Leopoldina. O público viu de perto inovações como a Magic Booze, mistura da paulista Pratinha que usa uma fórmula secreta solúvel em água com gás que se transforma, como mágica, em cerveja. A cervejaria também apresentou produtos impressos em 3D, cuja matéria prima é um polímero feito com resíduos orgânicos da produção da cerveja.

Outra novidade exibida no evento que promete revolucionar o mercado cervejeiro brasileiro é a produção nacional de lúpulo. Os produtores da área passam a ter a possibilidade de acesso à flor fresca do lúpulo, que torna a cerveja muito mais aromática. Antes, esses profissionais precisavam importar o insumo.

Com curadoria de Carolina Oda, expert em gastronomia que passeia com muita fluidez pelos caminhos dos alimentos, das bebidas e da hospitalidade, o Mondial Arena teve sua estreia com dois bate-papos. Fabrício Almeida e Júnia Falcão, sócios da ZalaZ, falaram sobre quais processos caracterizam uma cerveja como artesanal e sobre o conceito de “cerveja de fazenda”; Leonardo Sewald, mestre cervejeiro e sócio fundador da Cervejaria Seasons falou sobre a criatividade no Craft Brewing.

A banda Monoclub iniciou a programação musical da noite, seguida da Classic Zoom. O encerramento ficou por conta do set do DJ Pancho Trackman. O Mondial de la Bière apoia a Lei Seca e adverte os visitantes que utilizem transporte público.

AS PREMIADAS EM 2018

PLATINA

Point of View - Dádiva (Várzea Paulista-SP)

OURO

Kremlin Reserva - Antuérpia (Matias Barbosa-MG)

Bravo - Bäcker (Belo Horizonte-MG)

Hop Damage - Blondine (Itupeva-SP)

Psicose Espacial - Doktor Bräu (Pouso Alegre-MG)/Colaborativa com a Satélite (São Paulo-SP)

Endorphina - Doktor Bräu (Pouso Alegre-MG)

H5 - Hausen Bier (Araras-SP)

Kremer IPA - Kremer Cervejaria (Morungaba-SP)

Carvoeira - Lohn Bier (Lauro Müller-SC)

Cryosat - Satélite (São Paulo-SP)

Melon Sat - Satélite (São Paulo-SP)

Half Blind Peach Gose - Synergy (Sorocaba-SP)/Colaborativa com a Narcose (Capão da Canoa-RS)

Leia também

USE AS TAGS #MONDIALDELABIÈRESP E #MONDIALDELABIÈRESPEUVOU E COMPARTILHE SEU AMOR POR CERVEJAS ARTESANAIS.

INFORMAÇÕES, DÚVIDAS E SAC:
+55 (21) 2442 9319
comunicacao@mondialdelabierebrasil.com.br
Atendimento: 10h às 18h.
ENDEREÇO ESCRITÓRIO:
Av. Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca – 22783-127

GL events LE S/A – CNPJ 05.494.572/0001-98